domingo, 31 de outubro de 2010

Anjo

hoje sinto-me sozinha, incompleta, falida...
você não me parece feliz, e acho que isso é parte minha
parte de mimque te faz mal, parte de mim que te anceia e não tem
por que tenho que ser tão triste, por que não posso ter tudo que quero?
anjo, por que me deixas ao relento, por que não me salvas?
sonho noite e dia com você meu anjo,
com a data que tú virás me tirar de tal poço de tal morbidez
com o momento em que serei sua por completo e você será meu
que nossos corpos se unirão em uno
no dia em que nossa luxúria será motivo de olhares curiosos
no dia em que as pessoas verão nosso amor como um conto
ou uma bela historia de romance antigo
por que você não vem anjo, e me tira deste desassocego?
tira-me deste infinito de solidão
dê-me uma chance de te provar
de saber teu sabor, de sentir teu calor anjo!
de sentir tua boca encostar a minha, sua lingua enroscar na minha
seu peitoral quente junto ao meu desnudo de qualquer outro sentimento a não ser o nosso...
quero você noite e dia anjo, volta e vem me ver
volta e vem me ter...
meu anjo negro caído na noite sombria de meus anceios...

Nenhum comentário:

Postar um comentário