segunda-feira, 1 de novembro de 2010

menina mistériosa...

eu não sei o porquê, e nem sei como, mas você acordou de modo estranho menina, você não se comporta como antes, você não está sendo a mesma, as coisas mudam crescem, tudo muda e você parece não entender isto, o que tens menina? o que te passas? que tens em mente? estás complexa para mim, estás muito pensativa; menina o que te passa? que tens hoje? não consigo ver através de seus olhos tão estudiosos entende-la...
não consigo ver o que se passa em tua cabecinha tão ingenua, tão prima e tão engrandecida, o que houve pequena? quero muito te entender, quero muito te ajudar, menina o que queres de mim? és tão plena de sí, és tão segura de tudo,sempre dona do mundo sempre dona da razão; as vezes queria ser como você outras prefiro ser eu, menina você diz que sou concescendente, você diz que sou boazinha demais, mas e você o que és por definição? todos temos algo dentro de nós que não nos agrada, eu tenho meus medos e externamente minha falta de atrativos me incomoda, mas e você? o que te incomoda? menina cheia de mistérios, sempre com uma frase afiada para com os outros por que julgas tanto? por que não te aquietas? menina preciso muito te entender...

Nenhum comentário:

Postar um comentário