sábado, 10 de setembro de 2011

Minhas lágrimas...

Hoje eu soh venho falar de dor, de lágrimas de tristeza;
Ou seja, hoje eu venho falar mais uma vez de mim...
Falar do que sinto por ti, do que não posso te dar;
Do que a distancia não deixa eu sentir ou olhar...
Eu te amo... Mas como posso competir com isso?
Como posso me fazer forte se apenas minhas lágrimas me fazem companhia hoje!!!!!!!!!!!!!!!!
Como posso sorrir se hoje não te tenho completamente em meus braços?
Será que só o amor basta?
Me chame de egoísta!!!!!!!!!!!! Sim vamos lá me chame;
Por que eu quero mais, eu preciso de mais por que EU TE AMO!!!!!!!!!!
E não canso de te dizer isto!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Sinto muito por tudo...
Mas sou fraca e covarde o suficiente de não conseguir...
De não conseguir te deixar ir, por que amo você...

terça-feira, 6 de setembro de 2011

CineFil...



O DAFil apresenta em setembro: Cinefil 2011
Filme do mês:
Melancolia 

Auditório do CFCH no dia 22 de setembro de 2011, que fica no 15° andar (auditório de filosofia) a partir das 18 horas
Com a participação do debatedor:
Prof. Dr. Sandro Sena – UFPE

 Uma realização:

      
  Apoio:
   Departamento de filosofia do CFCH.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Ao teu lado, Amor...

Que minha vida ao teu lado floreça como flores em primavera;
Que a familia que ao teu lado formar prospere como a árvore de meu coração...
Que meus sonhos de você eternamente se realizem...
Que a cada dia de nossas vidas eu possa acordar ao teu lado e te dizer;
Sim, como não, dizer que te amo...
Beijaria tua boca a cada instante se pudesse...
desabrocharia todas as rosas do mundo se quisesse...
Te faria o Homem mais feliz do mundo se deixar!!!!!!!!!!!!!!!!
Seria sua eterna amante, mulher, noiva, namorada, esposa...
Seria de tudo seu tudo e de todas sua única;
Se assim o quiseres...
te amo sem fim...

sábado, 27 de agosto de 2011

O Maior...

O amor mais belo, do mais sublime e singelo, o Amor de uma vida;
O carinho de uma guarida, o Céu que toma nossos olhares,
O Mar que recolhe nossos devaneios...
A sombra que leva meus sonhos, da luz que criva meu peito;
Dos sonhos jamais revelados, do pessimismo de uma mente...
Dos tragetos da corrupção de um Anjo, do meu caminho até você;
Ou do seu até mim, dos obstáculos, das tristezas,
Mas que enfim chegaram ao doce e destemperado amor que temos...
Sim, que temos um pelo outro, numa relva de sentimentos, numa onda de pura:
Dor, felicidade, paixão, fúria, carinho, amizade, cumplicidade, sinceridade e prazer...

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Eu em você...

O amor mais puro;
O desejo sincero...
Coração carente, de corpo e alma
De mente de tudo
Ou ao menos de você
Não sei, talvez de mim
Porque, é quando penso em você
Que me acho sem fim...
É quando vejo você que me enchergo enfim...
Porque o amor tende a essas coisas
Enchergar o eu em você
Ou o você em mim...
E isso me faz bem;
Me faz crer na beleza do amor...

terça-feira, 26 de julho de 2011

Andei

Caminhei por vales obscuros,
por lugares sem rumo
Procurei a vida toda por algo que nunca fui capaz de descobrir o que...
Tentei por tantas vezes saber o que buscava
Com o que sonhava...
Eis que então, surge você;
Surge o amor de minha vida, a razão de meu caminhar...
O tudo que faltava em meu coração...
Sempre achei que nunca chegaria;
que nunca apareceria em minha vida algo que me completasse,
Que diria o que eu sou, ou ao menos o que procuro...
E este rumo foi você, esta mão estendida foi a sua...
Te amo e este amor é sem fim...
Serei eternamente grata por você mudar o rumo de minha vida...

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Minha vida, meu amor

Minha vida neste momento acompanha um temporal,
sim, meu caro um temporal...
Foi aberta as comportas, salvem-se quem puder...
Meus sonhos foram destruídos esmagados exauridos...
De forma cruel, pedante, autoritária...
Todo um desejo, uma vida, um empenho!
Lixo meu caro, tudo virou lixo...
Mas, menina eu que sou,
Ainda brinco, sim eu brinco...
Brinco com as palavras, faço delas meu escape;
Faço da poesia morada de mim...
Do amor que ainda sinto; minha Phylo
Minha linda, Sophia...
Guardarei de ti, meu amor, minha glória primeira;
Pois que o carrasco a tirou de mim,
A levou para longe...
Destruiu minha vida, meu sonho...
Meu rumo a você;
Minha linda e amada Filosofia!

domingo, 3 de julho de 2011

Há me feito rainha...
tens me feito mulher...
Tens me feito amar,
tendo eu mais nada a declarar...

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Meu anjo Amigo...

Quando estamos longe um do outro é que me vem o estalo;
É quando me vejo sem rumo, que eu percebo e paro...
Que amigo como você é um caso lindo e raro;
Já fui tão cruel, tão vil 
E em momento algum partiste ou desistisse de mim...
Amigos, sim mas mais que isso
Almas gêmeas destinadas a rumar juntas, pelo bem de ambos 
Um sendo o amparo do outro,
Um guia o outro... Sim Amigos, irmãos
Ou como queira chamar... Mas você é meu anjo amigo
Meu fiel de segredo, meu baú encantado,
Meu biscoito da sorte (sempre com mensagens lindas)
Sempre com um carão pra me dar quando algo dá errado...
Mas sempre me dando o ombro quando mais preciso!
E é por isso que não tenho vergonha de dizer...
EU TE AMO (nunca deixaria de dizer isso a um amigo de verdade)
E no momento você é o único, que o tempo não mudou
Que o tempo não levou...
Tenho novos amigos, uns até de verdade como minha "V" 
Mas só você é capaz de me tirar do sério e depois disso me fazer rir...
Seu bobo, estou rindo com você agora, não, melhor por você!

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Os porque...

(peguei essa imagem de um orkut, de uma pessoa que escreve super bem e que já havia recomendado antes o filhote de leão, ou como está no orkut - Iago Dino Barros)




Por que? Por que a mim? Como assim eu?
De tantas, escolheste a mim
Poderias ter todas,
Poderias ter qual quisesse
Mas escolhestes a mim
A cheia de defeitos, a impossível de domar
A que tem um coração velho e cansado
A que desaprendeu a amar...
E o que é isto? Por que me importo com você?
Por que me permito pesar ao lembrar de ti?
Sim, eu sei as respostas, mas ignoro respondê-las 
Por que?
Por que me conquistastes, por que sem razão nenhuma já te amo...
Por que de modo algum posso voltar atrás
E fazer de teus olhos minha fuga
Pois foram eles minha morada 
De teus beijos meu refúgio
De teus toques meu alivio 
De você uma razão
De nosso amor
Meu existencialismo...
Ou melhor meu existencial...

domingo, 26 de junho de 2011

Essa é pra você...





Se amor matasse, de ti já estaria morta...
Se saudade fosse ruim, nostalgia num seria uma palavra tão bela...
Se seus lábios fossem veneno, ah sim eu morreria provando
Oh, como não? São doce, suaves, delicados como teus carinhos
vívidos como nossa ânsia; pecaminosos como nossos pensamentos
Sim, pensamentos; aqueles que nos traí, aqueles que nos atormentam
Mas, claro aqueles que nos fazem fortes e decididos de que podemos,
Sim e como não, podemos mudar nosso futuro incerto,
Que esse "amor de inverno" chegue a verões, chegue a primaveras
Que dure anos, ou uma vida inteira...
E como disse o Poeta "que seja eterno enquanto dure, posto que é chama..."

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Meu

Ainda não pude sentir o calor de teus beijos,
o que não significa que não sonhe com eles...
Mas um dia quem sabe, numa praça ou lago...
Chegue enfim...
O ato final de nossos destinos...
de nossos amores...
de mim pra você, de você para mim...
O mais doce beijo
Do mais puro desejo, da sina do mundo
Do futuro da vida...
Do meu destino laçado ao seu...

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Nosso encontro

Você é como a luz da lua que ilumina o céu;
És como a brisa que sopra em meu rosto
trazendo consigo o gosto...
Que és em definitivo, que não minha vida, meu mundo
minha inspiração, meu novo motivo de escrever...
A melodia linda que sonorizada em minha mente,
o cheiro de verão, ah sim, do verão mais doce que já tive
Da pureza mais linda do mundo
O verão que não nos tocamos, não nos beijamos
Mas, sim, aquele verão que me deixou marcas
o que te trouxe para mim, e o que te levou embora ao seu final
Mas que hoje tenho certeza de que foi melhor assim
Por que enfim hoje meu amado, nosso amor é forte
Maduro, e singelo como deveria ser desde seu inicio...
Por que hoje o nosso re-encontro será mais vívido
Mais belo, mais forte...
Será o primeiro dia de nosso futuro...
TE AMO... 

domingo, 19 de junho de 2011

amor

amor
 meu corpo de teu corpo sente a falta
 teus toques me viciam e sinto falta
 teu olhar me corrompe, me deixa em luxúria
 seus labios de desejo morre minha alma
 fecho os olhos eh seu cheiro que me vem
 abro eles eh tua brisa que me toca
 respiro fundo e sinto tua presença
 bem aki
 bem ao meu lado
 te amo

Quero perder-me em você

Eu queria me perder nos verde deste caminho que é a vista
Eu gostaria de realmente me perder, mas talvez seja melhor me perder
nos castanhos de teus olhos
Ou na doçura de teus lábios que hei de experimentar um dia
Sim, como posso esquecer-me de teu aroma tão particular 
Tão intimo e convidativo
Tão cativo de si
Oh, tão homem pra mim,
Despertas em mim a mais pura luxúria
A quimera, o fogo eterno das paixões
O êxtase do amor...
E é de tudo meu Deus, meu Homem meu tudo...
Vontade e principio...
Meu meio e meu fim...  

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Que nossas vidas seja cheia...

Que nossas vidas sejam cheias,
cheias dessas coisas que tanto sonhamos...
Das que tanto queremos...
pelas quais sempre sofremos...
Que seja marcada pela gentileza...
Movida ela coragem 
Induzida pelo equilibro 
Guiada pela sabedoria
Tomada pelo respeito,
Simples pela autenticidade...
Curtida pela alegria...
E enfim gozada pela paixão

domingo, 5 de junho de 2011

Minha Dor...

Sigo meu caminho a procura de um destino
sigo por montes altos e tenebrosos ...
Me perguntando se é real esse espaço vazio em meu peito;
se é normal doer tanto assim,
Sua ausência, sua não presença aqui bem perto de mim...
Ai; meu peito agora doi, sim ele doi
pensei em você, idealizei sua fragrância seu toque...
Não! tenho que parar, não posso pensar em você
não assim, não dessa forma...
Mas não consigo, és minha kriptonita és meu bem meu mal...
Por que não pode ser diferente? Por que não podes ser meu
Assim como já pertenço à você, me amas?
Sim, dizes que sim, será o suficiente? sim espero que sim...
Que nossa distancia, que nossa história, que nosso destino seja...
Que seja uno visto que quero ser uma só unida a ti...
Mas, mesmo com tanta dor, eu penso em ti, sempre penso um pouco mais em ti!
E sim, essa dor em mim é sua, sempre vai ser
Até o dia que aconteça nosso re-encontro...
Te Amo!

Farras com amigos (de vez em quando fotos valem mais que palavras para expressar a amizade)!

 
 
 

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Meu anjo querido!

Você me veio como um anjo, tão doce, tão cálido...
Veio tão rápido e por um tempo pensei que tinha ido pra nunca mais...
pensei que jamais, que nunca nos veríamos ou nos falaríamos novamente...
Mas você veio, não da forma que eu gostaria, mas de uma forma lenta e delicada...
sim, mas depois...  ... aos poucos você foi vindo de verdade...
Suas ligações me deixando cada vez mais presa em você!
Mas presa em sua doce voz, você me achou num período de carência;
eu estava frágil, magoada, triste e você me tirou de tudo isto!
Como? Como pode ser tão doce e bom comigo?
Por que não te tive a tanto tempo atrás como desejei?
Mas agora não importa, nada importa hoje
Te tenho, sim e você me tem...
Te amo! 

terça-feira, 31 de maio de 2011

PS: a foto foi tirada de outro blog (filhote de leão) que eh muito bom...

Amor, amor meu; sinto-me melhor hoje por saber
Por saber que me amas
Por saber que me queres como te quero...
busquei por toda vida uma história como a nossa
Um conto de fadas do qual o final é feliz
e achei, achei em você amor, tudo que buscava
tudo que pensei merecer...
E minha busca termina amor...
Termina, agora com o nosso enfim encontro
Duas almas incompletas
felizes por nossa imperfeição
Perfeitas agora que juntas formam uma
que unidas conhecem o Amor...

terça-feira, 24 de maio de 2011

Meu sonho



E eu sonhei com seu regresso;
com seus toques, com suas carícias
E com o aroma de teu doce hálito, de teus olhos tão serio e doce...
Quando te conheci, me perdi
quando te perdi, eu sofri...
mas não te perdi não é?
Você sempre esteve aqui não é certo?
Sim, você sempre esteve aqui, sempre dentro de mim...
Fazendo parte de meus medos, meus sonhos e de minha fortaleza...
quando estou triste, me lembro de você!
Lembro-me do paraíso que eu estava, dos dias que conversamos...
Da festa que fomos, da dança tão desajeitada como o tamanho de nossa timidez;
foi tudo tão perfeito...
Tão mágico, como o sonho que tenho de te reencontrar...

terça-feira, 17 de maio de 2011

pela primeira vez uma postagem que eu não criei mas que reflete o que sinto!

Sober

Sóbria Pink Revisar tradução

Eu não quero ser a garota que ri mais alto
Ou a garota que nunca quer estar sozinha
Eu não quero ser aquela que liga às 4:00 da manhã
Porque eu serei a única que nao estarei em casa

Ahh, o sol está cegando (me cegando)
Eu fiquei acordada de novo
Oh, eu estou descobrindo
Que não é assim que eu quero que minha história termine

Eu estou segura lá em cima, nada pode me tocar
Porque eu sinto que esta festa acabou?
Não sinto dor, nao sinto nada, você é como uma proteção
Mas como posso me sentir tão bem assim, sóbria?

Eu não quero ser a garota que tem de preencher o silêncio
O silêncio me assusta porque ele grita a verdade
Por favor, não me diga que tivemos aquela conversa
Eu não vou lembrar, guarde o seu fôlego, de que adianta?

Ahh, a noite está chamando
Ela sussurra para mim "a culpa é sua"
Eu ouço você caindo
E se eu me deixar ir, serei a única culpada

Eu estou segura lá em cima, nada pode me tocar
Porque eu sinto que esta festa acabou?
Não sinto dor, nao sinto nada, você é como uma proteção
Mas como posso me sentir tão bem assim, sóbria?

Descendo, descendo, descendo
Girando, girando, girando
Procurando por mim mesma, sóbria
Descendo, descendo, descendo
Girando, girando, girando
Procurando por mim mesma, sóbria

Quando está bom, então está bom
Tudo está bom, até que fica ruim
Até que você esteja tentando encontrar aquele antigo você
Eu me feri e gritei 'nunca mais'
Magoada em agonia
Apenas tentando encontrar um amigo
Oh

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Mistérios

É um mistério, seu olhar...
Um monte de imagens, refletidas em mim pelo teu olhar culpado...
Mas que mesmo assim me leva, 
me leva por caminhos tortos e simplórios
Mas que de tão extremos acabam por me convencer de tudo
Ou de nada...
E é você; aquele que me condena
aquele que me corrompe...
Porém mesmo assim é difícil resistir ao seus olhos
ao seu charme sereno, ao seu jeito misterioso...

quarta-feira, 11 de maio de 2011

você! como sempre você...


Belo, foi como tudo aconteceu...
Raramente me apaixono desta forma,
Universo, sim com o universo inteiro de possibilidades achei você...
Nada neste mundo me faz tão feliz no momento;
O meu coração para quando falo com você...

Me torno infantil, menina com o sonho de crescer,
E me perco em tuas doce palavras...

Amo o modo como me tratas;
Muito de te eu consigo ver dentro de mim...
Amor, sim penso que é isso que sinto por ti...
? será um sonho?

Espero que não, espero ter você sempre junto a mim...

terça-feira, 10 de maio de 2011


E eu chorei, chorei como uma menininha assustada...
Como quem sente dor, como quem quer chamar sua atenção
Porque não me notas? Como não me percebes?
Meus sonhos foram todos teus, meus sorrisos sempre em tua direção...
Como não, amor; como nunca percebestes? 
Porque nunca se deste ao trabalho de olhar a mim;
de pensar em mim, de se doar a mim...
Mas entendo; de teu coração nunca tive uma sequer parte,
Contudo, tudo bem; já sou acostumada a tal desprezo,
a tal desconsolo; sempre andei só, sempre fui só...
Apenas espero, que um dia cesse minha solitária caminhada pela vida...
apenas o dia em que viverei a fortuna de um amor
Ou o fim de um tormento...

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Nosso lindo sonho

E eu que achei que era apenas um sonho;
pensei que seria apenas uma ilusão de minha mente...
Mas parece que foi mágica amor...
minha alma foi em busca da sua,
nos encontramos em um sonho tão real como nós...
Éramos apenas você e eu, nesta praça tão bela
neste lugar tão terno, tão nosso...
E este sonho que não foi sonho
você era eu, assim como eu era você...
Foi lindo, foi mágico, foi perfeito...
será que um dia este lindo sonho será mais real
Do que sua boca ao tocar a minha em meus devaneios?...
Porque sempre que fecho os olhos, penso em você...
sinto você ao meu lado, me tocando, nos amando
Seu toque macio, seus lábios nos meus, seu corpo junto ao meu...
Enfim, e por fim te amo...