sábado, 7 de maio de 2011

Me Libertaste

Eu andava perdida, sozinha distante...
sem um rumo a seguir
Eu pensava em coisas mil, mas nenhuma por querer
sonhei com um dia, do qual o amor viria 
Mas ele não veio, ele não me chegou
Chegaram ilusões, falsas paixões
sentimentos pequenos, mesquinhos, rudimentares
Mas nada amor, comparado à hoje...
Jamais comparado à você!
Libertaste-me de algemas
fizeste de livre o meu coração
e mesmo amor com tal distancia
meu coração a ti pertence...
Sonho com o dia de nosso encontro,
com nosso primeiro beijo;
Com nosso primeiro Amor...
Me fizeste livre carinho...
como um passarinho prestes a voar...
Amo você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário