quinta-feira, 2 de junho de 2011

Meu anjo querido!

Você me veio como um anjo, tão doce, tão cálido...
Veio tão rápido e por um tempo pensei que tinha ido pra nunca mais...
pensei que jamais, que nunca nos veríamos ou nos falaríamos novamente...
Mas você veio, não da forma que eu gostaria, mas de uma forma lenta e delicada...
sim, mas depois...  ... aos poucos você foi vindo de verdade...
Suas ligações me deixando cada vez mais presa em você!
Mas presa em sua doce voz, você me achou num período de carência;
eu estava frágil, magoada, triste e você me tirou de tudo isto!
Como? Como pode ser tão doce e bom comigo?
Por que não te tive a tanto tempo atrás como desejei?
Mas agora não importa, nada importa hoje
Te tenho, sim e você me tem...
Te amo! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário