quinta-feira, 31 de maio de 2012

Dos pesares os piores,
dos males meus menores...
De você meu mundo...
De mim um poço sem fundo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário