terça-feira, 8 de maio de 2012

sem nome, esperando que você nomeie

Eu um dia sonhei com a possibilidade de expressar com sorrisos,
o que guardo de você em meu coração, 
eu te gravei em mim como quem grava uma canção, 
te deixei tão la dentro tão profundamente
que agora tenho medo de ter te perdido la dentro de mim, 
tão intensamente quanto um dia foi nossas trocas de olhares e caricias...
Enfim, permaneço engasgada, com tudo que deveria ter externado,
 vivido, pedido e dado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário